Madre de Dios Principais Atrações Turísticas

Parque Nacional Bahuaja Sonene

Está situado nos departamentos de Madre de Dios e Puno, pertencendo às províncias de Tambopata e Sandia, respetivamente. Tem uma superfície de 1.091.416 hectares, que inclui o que era o Santuário Nacional Pampas do Rio Heath e parte da Zona Reservada Tambopata-Candamo, limitando com o Parque Nacional Madidi de Bolívia. Bahuaja Sonene se encontra a90 km. da cidade de Puerto Maldonado, a umas 05 horas de viagem em canoa a motor. O seu rango altitudinal vai de200 a2.450  m.a.n.m. e as suas temperaturas medias variam entre 10 e38ºC.

A área protegida conserva uma maravilhosa diversidade de flora e fauna, albergando populações de várias espécies de fauna silvestre, como a nutria gigante ou lobo do rio (Pteronura brasiliensis), o cachorro do monte (Speothos venaticus), o caimão preto (Melanosuchus Níger) e a águia harpia (Harpía harpija). O parque é um lugar bio diverso que alberga 450 espécies de aves, 28 de anfíbios e 74 de mamíferos, uma imensa diversidade de insetos, mariposas, libélulas e formigas arbóreas. A sua rica e abundante flora está representada pelas suas árvores de aguaje, cedro e tornilho, assim como por gigantescas castanhas e caobas. Tristemente, algumas destas espécies estão em perigo de extinção.

Dentro do parque, se encontram as Pampas do Rio Heath; a única amostra do eco sistema de savanas úmidas tropicais no Peru, uma zona de pampas, com pastos de até dois metros de altura, palmeiras e pantanais que são o hábitat de espécies de flora e fauna endémicas, como o lobo de crin (Chrysocyon brachyurus) e o cervo dos pantanais (Blastocerus dichotomus). É a única zona da selva peruana, com características de savana e é por isso que foi inicialmente considerada como Santuário Nacional e posteriormente, foi incorporada ao Parque Nacional Bahuaja Sonene.

Os rios Tambopata e Heath são um eco sistema especial. Nas suas bacias, existem grandes extensões de terraços argilosos, onde estão as principais Collpas de papagaios e loros.


Reserva Nacional Tambopata Candamo

A reserva está situada entre as regiões selváticas de Madre de Dios e Puno, a uns 60 km. da cidade de Puerto Maldonado, perto das fronteiras com Bolívia e Brasil, entre as bacias dos rios Tambopata e Heath. Tem uma extensão de 274.690 hectares, que abarca três eco sistemas, sendo um dos lugares que contem maior bio diversidade no planeta. É o hábitat duma rica e abundante flora e fauna, pelo que se tem registrado 165 espécies e 41 famílias de árvores, 575 espécies de aves, 1.200 de mariposas, 103 de libélulas, 135 de formigas arbóreas, 103 de mamíferos e 90 espécies de anfíbios. O seu rango altitudinal vai de200 a400 m.a.n.m. e as suas temperaturas medias variam entre 10 e38°C.

A área protegida está conformada por diversos eco sistemas que são lugares adequados para a eco conservação de flora e fauna, como a sachavaca (Tapir), o jaguar, macaco maquisapa, o urso formigueiro gigante, jacarés, lagartos, peixes, tartarugas, lutrias gigantes, capivaras, huanganas, armadilho gigante, macacos, papagaios, loros, anacondas, serpentes, batracios, insetos e muitas outras espécies que mantêm o equilíbrio da natureza.

Nos seus bosques virgens, possui uma rica e exuberante diversidade de flora, pelo que a bacia do rio Tambopata é, um dos eco sistemas com grande bio diversidade, onde existem recursos florestais, como o cedro, caoba, tornillo, castanha, aguaje, palmeiras e muitas outras espécies de árvores. A floresta tropical da reserva é abundante e é um lugar propício para gerar vida silvestre.

As populações Esseejae Tacana são os únicos nativos amazônicos que ocupam a reserva. Vivem da caça, pesca, colheita e do ecoturismo, mantendo ainda os seus costumes tradicionais.


Colorado Collpa

Colorado é a maior Collpa de papagaios, conhecida no mundo. Está localizada na ribeira do rio Tambopata, a uns120 km. rio acima, desde Puerto Maldonado. Situa-se num enorme despenhadeiro de50 metrosde alto, que se estende sobre500 metros, ao longo da parte oeste do rio Tambopata. Esta Collpa é rica em nutrientes, dos quais se alimentam aves, mamíferos e insetos, que formam colônias nos seus redores. É única por concentrar espécies raras de papagaios e loros, oferecendo um dos mais belos e fascinantes espetáculos naturais da reserva, considerado como entre os melhores na Amazonia peruana.

Possui o maior depósito de minerais y argila do mundo. Nas suas paredes e despenhadeiros de argila, congregam enormes quantidades de 32 espécies de loros e papagaios, como 10% destas espécies no mundo. Entre as espécies comuns vistas nestes lugares, estão os papagaios azuis e ouro, escarlatas, vermelhos e verdes, loros de cabeça azul e periquitos. Também, são frequentemente vistos, macacos, tapires, veiados e capivaras. Os cientistas consideram que as propriedades desta argila permitem neutralizar as toxinas que contêm alguns componentes da dieta desses animais e aves (Sementes, folhas ou frutas).


Collpa Chunchu

A Collpa de papagaios El Chunchu, se encontra dentro do Parque Nacional, a90 km. rio acima, desde Puerto Maldonado, a umas 5 horas de viagem, surcando o rio Tambopata. Da mesma forma que na Collpa Colorado, cada manhã, grandes quantidades de papagaios grandes congregam, formando bandadas multicolores de aves de cor azul e amarelo, escarlata, vermelho e verde, papagaios de cabeça azul ou vermelha, loros, periquitos de cabeça escura ou azul e loros de bochechas alaranjadas, que se pousam sobre os despenhadeiros de argila, para ingerir estes concentrados de minerais.

Com os primeiros raios do Sol, a Grande Collpa se converte num espetáculo fascinante, como si fosse um ritual, no qual as espécies de aves voam sobre os barrancos, em grandes bandadas e iniciam o collpeo (A ingestão de argila), anunciando a sua chegada, com sons de asas e gritos agudos de loros, periquitos e papagaios. Dependendo as espécies, podem chegar como casais ou em grandes bandadas.

 

Lago Sandoval

Este lago está situado na margem direita do rio Madre de Dios, a10 km. de Puerto Maldonado ou 25 minutos de viagem em canoa, pelo rio Madre de Dios, e à uma hora de caminhada desde a beira do rio. Está dentro da Reserva Nacional Tambopata Candamo, e tem um cumprimento de três quilômetros por um de largo, com uma profundidade variável que vai desde50 cm. até 3 metros e uma temperatura media de 26ºC. Além disso, possui uma grande riqueza ictiológica.

É o lugar ideal para o hábitat duma fauna diversa, como jacarés, lagartos, lagartos pretos, tartarugas, lontras gigantes e uma grande variedade de peixes. Entre as aves, poderemos observar patos silvestres, galinhas selvagens (Shanshos), tucanos, papagaios, pequenos loros, garças, o pássaro pescador, macacos e muitas outras espécies. A caminhada nos conduzirá por entre o bosque amazônico, contemplando variedades de orquídeas, platanillos, ungurahuis, caobas, palmeiras gigantes, etc. Nos redores do lago, existem extensos aguíjales que são zonas pantanosas nas quais cresce o aguaje (Árvore nativa endémica), junto com outras espécies de árvores da zona. Também, é um lugar propício para os lobos do rio (Lontras gigantes) e ninhos dos papagaios.


Lago Condenado 1 e 2

Está situado na margem direita do rio Tambopata, a 4 horas de Puerto Maldonado, em embarcação a motor. Ali, tem uma abundancia de aves, como garças atigradas, garças brancas, tuqui tuquis, o pássaro ruidoso (Donacobius) de cabeça preta, o hoatzín ou shansho (Ophisthocomus hoatzín), uma ave rara, já que o seu aspecto físico e costumes lhe fazem parecer a uma ave primitiva. Também, existe uma grande quantidade e variedade de peixes e dá para observar famílias de lontras gigantes ou lobos de rio. Nos redores dos lagos, tem trilhas que nos levam até outras zonas da selva, no hábitat de felinos e mamíferos, como tapires, capados, huanganas e na noite, é possível observar jacarés.

Para chegar no lugar, tem que fazer uma caminhada por trilhas, entre a emaranhada selva, para logo fazer um passeio de canoas a remo, nos lagos 1 e 2.


Lago Valencia

Este lago pertence ao Distrito de Las Piedras e está situado a60 km. da cidade de Puerto Maldonado, perto da fronteira boliviana, a umas quatro horas de viagem de bote rápido, navegando pelo rio Madre de Dios. É adjacente com a Zona Reservada de Tambopata, e parte da Zona de Amortecimento da Reserva.

É maior lago da zona toda, num lugar de exuberante beleza de paisagens e de abundante riqueza de flora e fauna, como tartarugas (Charapas e motelos), lagartos, paiches, o maior peixe da Amazônia, que mede até3 metrosde comprimento e outras variedades de peixes, como a corvina el dorado e a donzela, entre outros. Também, dá para observar uma grande diversidade de aves, como perus do monte, águias pescadoras, garças, abutres, bandadas de papagaios, etc. Nos redores, existe muita fauna selvagem, como na Ilha dos Macacos.


Lago Três Chimbadas

Está situado na margem ezquerda do rio Tambopata, a55 km. de Puerto Maldonado ou a três horas de navegação em lancha a motor, dentro da Zona de Amortecimento da Reserva Nacional Tambopata Candamo. Logo de desembarcar na praia, tem-se que fazer uma caminhada por um trecho pedestre, durante uns 30 minutos. É um lago pequeno, mas rico em flora e aves, e a sua paisagem é muito bela, pelo que está rodeada duma exuberante vegetação povoada de várias espécies de aves, e se encontra muito perto da tradicional e ancestral comunidade nativa de Infierno.

A sua pequena superfície permite observar, com maior segurança, lontras gigantes e outras espécies de animais, já que possui um pequeno refugio constituído dum grande dormitório, para umas 18 pessoas, com banheiros, duchas e um comedor. Também, tem áreas para instalar acampamentos, como alternativa para estar em contato direito com a natureza.


Comunidade Nativa Infierno

Esta comunidade está habitada pelos Esseejas, uma etnia nativa que ainda conserva os seus costumes e vivências ancestrais. Ali, os nativos produzem um artesanato interessante, e a sua comunidade é muito visitada pelos turistas. Desde Puerto Maldonado, a gente pode chegar de veículo e motocicleta, em apenas 45 minutos. Na sua proximidade, tem uma Collpa de loros e papagaios, uma torre de observação e um lago, com famílias de lobos de rio (Lontras), muitas espécies de peixes e uma grande variedade de aves.

Esta população tem muitos mitos e lendas, algunas delas esotéricas, e faz um importante uso da medicina tradicional e do curandeirismo, em base à grande quantidade de plantas medicinais que crescem na zona. Este contato direito lhe permite compartilhar as vivências de esta etnia e entender os seus costumes e tradições. É recomendável realizar cerimônias e banhos espirituais, com a Planta Sagrada Maestra Ayahuasca, de grande poder, com os shamans expertos em curandeirismo e medicina natural local.


Canopy Inkaterra

Para complementar a nossa excursão na reserva e fazer-la mais emocionante, o Tambopata Research Center (Centro de Pesquisas) lhe oferece uma experiência de eco aventura em "canopy" que consiste em passeios por pontes aéreas penduradas, camufladas por acima da selva.

Canopy Inkaterra lhe brinda a possibilidade de desfrutar a selva, passeando pelo ar, numa distância de 344 metrosde comprimento, numa rede de sete pontes penduradas, seis plataformas de observação de copas das árvores, e duas de29 metrosde altura. Desde as altas torres, por acima das copas das árvores mais altas, os visitantes podem observar uma flora e fauna muito interessante, que é impossível ver desde o chão.

Inkaterra Canopy é considerado como um dos mais modernos e sofisticados no mundo, tanto devido ao seu desenho de camuflagem, como pela tecnologia utilizada, com materiais ecológicos, para prevenir impactos negativos sobre o meio ambiente. O passeio permite aos visitantes desfrutar uma visão em profundidade, num dos sistemas ecológicos mais produtivos na selva, e inclui uma visita do Centro de Interpretação, onde os visitantes podem aprender mais sobre as características ecológicas da reserva e sobre o trabalho que se está realizando em algumas comunidades nativas da zona.


Lago Chorrillos e Túpac Amaru

É um antigo meandro do rio Madre de Dios, que se encontra a uns 14 km. de Puerto Maldonado. A área não é um espaço natural protegido e se acede por terra, de tri-moto, atravessando pitorescas paisagens rurais. É um formoso lago, com maior intervenção humana que nos lagos vizinhos. Mas, mesmo assim, a selva sempre tem surpresas e é possível observar algumas famílias de capivaras, macacos ou outros mamíferos.

É ideal para remar, pescar e se banhar, sem perigos. Vale a pena o passeio, porque é divertido e a gente pode observar aspectos não vistos em outras excursões, como o estilo de vida dos povoadores locais e a atividade agropecuária da região, num entorno de magníficas vistas do rio Madre de Dios que serpenteia paralelamente ao caminho. Também, serve como um treinamento, para que su experiência em lagos mais selvagens seja mais aproveitada.


As Pampas do Rio Heath

Estão situadas na fronteira com Bolívia. Ali, altos pastos cobrem grandes extensões de mais de 100.000 hectares, onde não existem bosques e só crescem pequenos arbustos. Esta zona é rica em fauna, e ali, vivem duas espécies endémicas: Um tipo de raposa chamada lobo de crina e o cervo dos pantanais.

Além disso, é frequente observar jaguares e grandes anacondas. Durante a época de chuvas, a zona se inunda e é a única região da selva peruana, com características de savana. Por isso, foi inicialmente considerada como Santuário Nacional e posteriormente, foi integrada no Parque Nacional Bahuaja Sonene.


Comunidades nativas

Existem cinco grupos linguísticos e mais de trinta etnias dispersas pelo departamento todo. Uma parte delas vive separada dos grupos originais e tem-se misturado com a população forasteira. Mas, ainda existe boa parte dos nativos que vivem nas suas reservas ou comunidades. Também, tem vários grupos que ainda não têm sido contatados. Habitam a zona norte do departamento, e não desejam ter contato conosco, por temor as nossas armas e doenças. São grupos nómades e existe atualmente un movimento liderado pelo CAR (Comissão Regional do Ambiente de Madre de Dios), para declarar dita região como área de reserva protegida, permitir a supervivência pacífica destes grupos e evitar que se talassem e depredassem os recursos naturais dos seus bosques.

O grupo étnico Harankbut foi o último em integrar-se ao mundo ocidentalizado, em 1954. Por isso, nunca estiveram vencidos pelos caucheiros. Atualmente, é possível conhecer os seus territórios e os visitar, organizando uma expedição dum dia, desde Puerto Maldonado, até a Comunidade Nativa Amarakaeri.


Mais sobre Madre de Dios: